terça-feira, 18 de julho de 2017

COBRANÇA DESNECESSÁRIA

Engraçado como a vida funciona. 
Nós passamos 17 anos estudando. Acorda cedo, vai pra escola, é cobrado para ser bom em todas as matérias. 
Na escola somos levados a fazer amizades, mas não podemos conversar, senão somos reprimidos. Em muitas escolas, por uma razão ou outra, não podemos ser quem somos. Não usa roupa tal, não pode pintar cabelo, não pode usar maquiagem, não pode usar brinco, não pode, não pode, não pode.
Passamos esses anos todos tentando ser bons em português, matemática, história, geografia, química, física, artes, educação artística, inglês e educação física (que eu odiava). Mas se não gostamos de alguma dessas matérias e somos mediamos, não somos aprovados, entramos em recuperação e em muitas famílias há castigos, apenas porque em alguma coisa que não somos bons, não fomos bem.
Depois que saímos da escola viramos adultos e somos obrigados a trabalhar. Geralmente trabalhamos das 8:00h as 18:00h, de segunda a sexta. Horários esses em que tudo acontece e não temos oportunidade de tentar algo novo porque temos que garantir que nossas contas sejam pagas. No trabalho, mais cobrança. Não pode rir alto, não pode falar alto, não pode conversar, não pode usar roupa tal, pedem para apresentar idéias, mas nunca são acatadas ou estudadas. E mais uma vez você é obrigado a ser bom em tudo, senão te chamam em uma sala de reunião e te dão bronca, de repente até deixando claro que você pode ser substituído ou demitido. Temos 30 dias para descansar depois de trabalhar 335 (claro, tiramos aí os finais de semana... mas que não conseguimos fazer quase nada).

Assim vamos vivendo até a aposentadoria, quando deveríamos aproveitar e viajar, mas aí eis que o tempo não perdoa e o nosso corpo agora não aguenta mais diversão como quando éramos jovens.
Porque temos que viver essa vida? Porque temos que passar por tudo isso quando tanta gente fala que  "temos que aproveitar a vida, só se vive uma vez". Então o objetivo da vida é trabalhar, trabalhar, trabalhar, pagar contas e um dia, quando velhos, poderemos jogar dama na pracinha? Não acho isso justo e nem acho que seja o que foi planejado para nós quando decidiram que viríamos para a Terra (seja lá qual fé você siga).
Claro, trabalho é essencial, mas escravidão não. 
Faça o que quiser da sua vida sem se preocupar em fazer outras pessoas felizes (leia isso com bom senso e dentro do contexto desse artigo). 
Viva plenamente, só quem pode fazer você feliz é você mesmo!!!
Até o próximo post.

Nenhum comentário:

Postar um comentário